Gastroenterite

A gastroenterite é uma inflamação aguda que compromete os órgãos do sistema gastrointestinal. A dificuldade
mais comum está em locais sem tratamento de água, de esgoto, água encanada e ter destinação apropriada.

Gastroenterite

É uma enfermidade contagiosa e no frio os perigos de infecção são maiores. Não há correlação da enfermidade com a constipação, ao contrário do que vários pensam. Ela acontece por meio de bactérias, vírus e parasitas, sendo que o sua infecção pode alcançar o paciente por intermédio do uso de alimentos infectados, água contaminada e até inclusive pelo contato com pacientes infectados.

A maior parte dos casos em crianças são ocasionados por rotavírus. Nos adultos, a razão mais comum são os norovírus e as Campylobacter. Entre os motivos pouco frequentes estão outras bactérias, ou as suas toxinas, e parasitas.

Suas causas

A gastroenterite pode ser provocada por vírus, bactérias e parasitas, que são capazes de ser transmitidos pelo ar, pela mão em contato com a boca e pela intoxicação alimentar. Uma das bactérias comuns é a Salmonela, encontrada em frango e ovos crus.

Alimentos conservados com pouca higiene e sem frigorificação são capazes de ajudar a concentração de micro-organismos que geram a gastroenterite.

Sintomas

  • Febre
  • Ânsia
  • Disenteria
  • Vômitos
  • Dores abdominais
  • Diminuição de peso
  • Diminuição de fome
  • Desidratação

Tratamentos

Se for causada por vírus, a gastroenterite pode acabar sozinha e o tratamento serve somente para suavizar sinais e devolver a diminuição de líquidos. E inclusive ocorre em alguns tipos de bactérias.

Porém é fundamental advertir que remédios que combatem a disenteria devem ser tomados com indicação médica.

Dependendo da forma de germe, pode ser preciso ingerir antibióticos ou mais remédios.

Indivíduos com desidratação em nível aceitável a grave similarmente são capazes de necessitar de tratamento intravenoso para devolver líquidos no corpo.

Como prevenir

Lavar as mãos atenciosamente é uma das principais formas de evitar a transmissão da gastroenterite. Frutas e verdura similarmente precisam ser bem lavados antes do uso.

É fundamental evitar beber alimentos em restaurantes e estabelecimentos que não tenham higiene adequada. Maionese, molhos e mais alimentos altamente perecíveis precisam ser refrigerados na geladeira respeitando o tempo de utilidade. É comum o arroz japonês, tendo como exemplo, ter bactérias por ficar bastante tempo mexido com maionese fora da geladeira.
Alimentos precisam ser consumidos preferencialmente cozidos, especialmente ovos. A higiene da casca similarmente é indicada para evitar contaminação.


Veja também:

Síndrome do intestino irritável, UOL.

Você também pode gostar de ver:

A diabete

Conheça os benefícios da linhaça

Falta de sono, Insônia